ofplogo.gif (4994 bytes)   


E POR FALAR NA FEB E NO CFN

 

                A revista “Reformador” da FEB, edição de janeiro de 2004, dá notícia de uma reunião ordinária do CFN, realizada em 7, 8 e 9 de novembro de 2003, que tratou da “Adequação dos Estatutos das Instituições Espíritas ao novo Código Civil”

                Informa-nos então esse importante órgão de divulgação da FEB: “A Assessoria Jurídica da FEB, que é coordenada pelo confrade Dr. Norberto Pásqua, fez, através do assessor, Dr. Ricardo Silva, um relato sobre os dispositivos dos Estatutos das Instituições Espíritas que precisam adequar-se às exigências do novo Código Civil Brasileiro” (Aprovado em 10/01/2002, em vigor a partir de 11 de janeiro de 2003).

                Lê-se ainda no Reformador supra citado: “O Presidente Nestor Masotti informou sobre a Assembléia Geral Extraordinária, no dia 25 de outubro que aprovou a reforma do Estatuto da FEB,e, a título de subsídio, entregou um exemplar do mesmo a cada Entidade que integra o CFN da FEB”.

                Radiante de alegria, ao tomar conhecimento dessa notícia tão auspiciosa para o movimento espírita, no dia 10 de março de 2008, dirigi uma carta registrada e muito cortês ao Presidente Nestor Masotti, solicitando-lhe uma”cópia dos termos da reforma por que passou o referido Estatuto da FEB.

                Mas como, passados quase dois meses, não obtive nenhuma resposta de Sua Excelência, no dia 30 de abril, mandei-lhe outra carta que mereceu o mesmo tratamento!...

                Engraçado! Tenho um exemplar do Código de Boas Maneiras, que diz, claramente, que toda carta que se recebe merece uma resposta ao remetente. Aliás, foi isto mesmo que aprendi na escola e em casa, quando criança!