ofplogo.gif (4994 bytes)   


PARECERES SOBRE NOSSO ÚLTIMO LIVRO

 

#  “Amigo Erasto,

“... estou concluindo a leitura de sua obra - “SEVERINO DE FREITAS PRESTES FILHO, MEU PAI, MEU MESTRE” - e muito em breve enviar-lhe-ei meu parecer. Adianto que estou apreciando muitíssimo a sua leitura! É uma homenagem mais do que merecida, uma vez que seu querido pai foi um homem de adiantadíssima condição espiritual e um exemplo para todos nós. O seu livro é uma propaganda do Bem na Terra; é o justo reconhecimento a um homem que reunia qualidades morais invejáveis; um autêntico homem de Bem, raro de ser encontrado. A sua história é emocionante. Parabéns, amigo Erasto, seu livro é muito bem escrito e sua leitura, muito agradável”.

Assinado: Artur Felipe de Azevedo Ferreira, 2º Secretário da Associação de Divulgadores do Espiritismo do Rio de Janeiro (ADE-RJ).

 

#    “Amigo Ismael.

        “O livro sobre seu pai, - “SEVERINO DE FREITAS PRESTES FILHO, MEU PAI, MEU MESTRE” - é uma jóia. Quero, primeiro, cumprimentá-lo, e, especialmente ao seu irmão Erasto, pela decisão de fazê-lo, pela dedicação à tarefa, pelo esforço que deve ter sido desenvolvido para as pesquisas, e pelo produto bem acabado, conciso, claro, objetivo e bonito. É um belo trabalho que orgulharia ao seu pai vê-lo acabado. Só não deve ter sido difícil escrevê-lo por um ponto: o enlevo que deve ter sido, para um filho, escrever sobre seu pai, pessoa honrada, cumpridora de seus deveres, reto, digno maiúsculo, plural. Agora que o conheço pela tão bem cuidada biografia, afirmo-lhe que o General Severino de Freitas Prestes Filho tem mais um respeitoso admirador aqui no seu amigo. São raras figuras deste coturno e você tem muito boas razões para se orgulhar do seu pai.

            “Muito obrigado!

            “Receba, caro Ismael, um forte abraço do seu amigo,

            Júlio Alberto Nogueira Teixeira

                (Engenheiro em Niterói/RJ)

 

#    “Sr. Erasto, venho à sua presença para agradecer, mais uma vez , o seu excelente livro biográfico sobre o senhor seu pai.

       “Apreciei a ampla documentação da obra, verdadeiro monumento histórico. Apreciei também a correção da linguagem. Não me estendo em pormenores, porque seria um nunca acabar.

        “Nas páginas anexas seguem algumas observações minhas referentes ao que, no texto, se refere ao tempo em que o sr. seu pai, quando adolescente,  esteve no Ginásio N S da Conceição. Os dados que forneço talvez possam servir para aperfeiçoar uma segunda edição do seu livro biográfico, intitulado “SEVERINO DE FREITAS PRESTES FILHO, MEU PAI, MEU MESTRE”; ou, pelo menos, podem permanecer no exemplar que o Sr. destinar à sua biblioteca particular e poderão servir para quem em tempo futuro, vier a escrever uma tese universitária sobre a figura do senhor seu pai.

        “Quero deixar bem claro que apreciei muito seu gesto de me enviar um exemplar do seu livro. Por isso mesmo, receba o “muito obrigado especial” deste servidor

                          Padre Léo Seno Etgest

 (Arquivista da Diocese de Porto Alegre, São Leopoldo e cidades vizinhas).