ofplogo.gif (4994 bytes)   


NOSSA OPÍNIÃO SOBRE ESSE ENCONTRO

      A propósito desse evento, enviamos à Diretoria da FEB, o seguinte e-mail:

     “Prezados senhores diretores da Federação Espírita Brasileira.

     “Foi com muito prazer que tomamos conhecimento da programação relativa às comemorações do Sesquicentenário do lançamento do primeiro livro básico da Codificação Espírita   -  “O LIVRO DOS ESPÍRITOS” – de autoria de Allan Kardec e supervisão do Espírito de Verdade e sua gloriosa falange. Considero uma ótima iniciativa, pois mostra que os srs. são “kardecistas”, como vivem alardeando.

    “ Infelizmente, porém, os srs. também são roustainguistas e a prova disto é que: (a) Somente quem é adepto de Roustaing pode ser eleito e assumir a Presidência da FEB; (b) a obra apócrifa “Os Quatro Evangelhos” continua figurando como parágrafo único do art. 1º do Estatuto da FEB, por ser considerada “complementar” às da Codificação Kardequiana, contrariando assim o pensamento do próprio Codificador, que, na Revista Espírita de julho de 1866, fez questão de frisar que não era e chegou mesmo a afirmar que “encontrara nela muitas coisas duvidosas”.

     “Portanto, a meu ver, os srs. continuam, teimosa e erradamente, servindo a dois senhores ao mesmo tempo: Kardec e Roustaing, contrariando assim o Evangelho de Jesus, o Homem de Nazaré.

      “Vejo, pois, na programação das comemorações do Sesquicentenário do “Livro dos Espíritos” e da própria Doutrina Espírita, muita falsidade, muita hipocrisia da parte dos senhores. Sim, é verdade, muita hipocrisia, que não condiz com a posição e importância de uma instituição que se auto-intitula “Casa Mater” do Espiritismo.

     “Devemos, por conseguinte, por uma questão de lealdade e franqueza, informar-lhes que não compareceremos e que, em nosso boletim informativo, “O FRANCO PALADINO” continuaremos fazendo contínuas críticas aos senhores, que considero os modernos “fariseus hipócritas”. Sim, HIPÓCRITAS.

(a)                                                             Erasto, o Pequeno

     Da mesma forma, aos membros do Conselho Federativo Nacional da FEB enviamos também um e-mail mais ou menos no mesmo teor:

            “Prezados senhores.

“Tomamos conhecimento do apoio que os senhores estão dando ao programa relativo às comemorações do Sesquicentenário de lançamento de “O Livro dos Espíritos” de Allan Kardec, a realizar-se no próximo 2º Congresso Espírita Brasileiro, de 13 a 15 de abril.

              “Conforme comunicamos aos dirigentes da FEB não compareceremos, e, a partir do mês de março, faremos, neste nosso boletim, uma série de críticas a esse evento. Por ser patrocinado pela chamada “Casa Mater”, considero hipócrita, falso, mentiroso, pois tanto a FEB como os senhores, que fazem parte do seu CFN, são todos uns roustainguistas fanáticos. Tanto assim que continuam mantendo aquele parágrafo único do art. 1º do Estatuto da FEB que diz que a obra “Os Quatro Evangelhos” de Roustaing é  complementar às da Codificação, o que não é verdade. O próprio Allan Kardec a repudiou.

              “Vemos, pois, muita falsidade, muita hipocrisia nessa iniciativa tomada pela Direção da FEB e do seu CFN. Todos continuam servindo a dois senhores ao mesmo tempo: Kardec e Roustaing, o que não é correto.

              “Era o que tínhamos a dizer.

(a)                                     Erasto, o Pequeno