ofplogo.gif (4994 bytes)


ICEB COMEMORA BICENTENÁRIO DE ALLAN KARDEC

    Realizou-se no dia 10 de julho no salão nobre da Escola de Comando e Estado Maior do Exército, Praia Vermelha, Rio de Janeiro/RJ, uma reunião solene, em que o Instituto de Cultura Espírita do Brasil  - Casa de Deolindo Amorim – prestou sincera e justa homenagem ao Missionário Allan Kardec, em comemoração à passagem do seu bicentenário de nascimento.

     A sessão foi presidida pelo Sr. César Soares dos Reis, atual Presidente do Instituto de Cultura Espírita do Brasil, do Sr. Aloísio Ghiggino,  Presidente da USEERJ (União das Sociedades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro) e do Sr. Gerson Simões Monteiro, atual Diretor da Rádio Rio de Janeiro. Foram eles os oradores encarregados de exaltar a figura luminosa do Mestre de Lyon, o grande missionário da Terceira Revelação, que foi o Senhor Allan Kardec.

     Abrindo a sessão, o Sr. César Soares dos Reis, declarou que “num tempo de excepcionais conquistas da inteligência, da tecnologia, os duzentos anos do nascimento de Kardec merecem uma reflexão, porque caracterizam o surgimento de uma nova era para a humanidade. E o ICEB não poderia se omitir, quando a cultura humana reverencia o insigne Codificador da Doutrina Espírita”.

     Um grande público de confrades espíritas se fez presente, bem como representantes de várias instituições espíritas da área metropolitana do Rio de Janeiro.

     A solenidade contou, no início, com a participação musical de três jovens violonistas, que entoaram belas canções dedicadas a Allan Kardec e ao movimento espírita brasileiro. No final, o confrade Lybio Magalhães de Nova Iguaçu/RJ, a pedido do Presidente do ICEB, declamou uma bela poesia e fez a prece de encerramento e agradecimento a Deus.

     Após um intervalo de dez minutos, a sessão foi reaberta para perguntas e respostas. Pedimos então a palavra e dirigimos o nosso questionamento ao Sr. Gerson  Monteiro: “ – É sabido que a Federação Espírita Brasileira, no art. 1º do seu Estatuto, estabelece que a obra “Os Quatro Evangelhos” de   Roustaing é complementar às da Codificação,  e, por sua vez, o Sr. Ismael Gomes Braga, em “Elos Doutrinários”, declarou que “o roustainguismo é um curso superior de Espiritismo”.  Pois bem, como devemos encarar esses dois fatos, hoje que estamos aqui, numa sessão solene, comemorando o bicentenário de Kardec?”.

     O Sr. Gerson, ao responder, fez alusão ao recente episódio da recente reunião do Conselho Federativo, convocada para enquadrar o Estatuto da FEB ao novo Código Civil  Brasileiro, o que não foi possível, porque por iniciativa do Sr. Luciano dos Anjos, aquela sessão foi interrompida, abruptamente, com a entrada de um Oficial de Justiça, que leu uma liminar baixada por um Juiz de Direito, que decretava não ser possível a retirada desse parágrafo único, por se tratar de uma “clausula pétrea”. Mas, informou o Sr. Gerson, o processo está correndo no Supremo Tribunal de Justiça e em breve teremos o veredicto final.    

     Foi, realmente, um momento de confraternização, e, sobretudo, de grande emoção para todos os presentes, essa reunião promovida pelo ICEB,  em comemoração ao transcurso do bicentenário de Allan Kardec.

     Nossos parabéns à atual Diretoria dessa conceituada instituição.

<<< Voltar