ofplogo.gif (4994 bytes)CORRIGINDO DIVALDO FRANCO


O grande tribuno baiano, em entrevista concedida ao jornal "Mundo Espírita" (edição de abril/2003, pág. 7), citou, como sendo de Allan Kardec, uma frase, que, na verdade, quem pronunciou foi o grande e luminoso Espírito de Erasto, Discípulo de São Paulo. Falou Divaldo: "Allan Kardec foi tão notável que disse ser melhor negar dez verdades a aceitar uma mentira". Entretanto, deveria ter dito: "... deixai-me repetir o que já aconselhei aos espíritas parisienses: é melhor repelir dez verdades, momentaneamente, do que admitir uma só mentira, uma única teoria falsa" Erasto, Discípulo de S. Paulo, em sua Epístola aos espíritas lioneses, lida por Allan Kardec, no banquete que lhe foi oferecido em 19/09/1861 (Revista Espírita, outubro de 1861. Ver Coleção Edicel, pág. 324)

<<< Voltar